11.05.2017

As relações familiares e a internet

As novas plataformas afetaram não só as formas de se comunicar, mas também as relações.


De uns anos para cá, nós vimos uma série de novas tecnologias aparecerem muito rapidamente e, claro, essas novidades tecnológicas afetaram muito o cotidiano. Nossa vida pessoal, profissional e social são completamente diferentes de 15 anos atrás e as relações familiares também foram afetadas com isso, principalmente com a chegada dos smartphones. 

 

É comum vermos em restaurantes, shoppings, parque e eventos pais e mães super conectados na internet enquanto estão com seus filhos em algum evento social. São fotos no Instagram, posts no Facebook e interação com várias redes sociais. 

 

Mas sabe o que falta para essa interação ser ainda mais sólida e consistente? Bom, as famílias utilizam de uma linguagem muito diferente dos jovens, até porque suas necessidades são específicas e as pesquisas que costumam fazer também. Claro que também é possível ver que os pais mantém uma relação muito forte com as marcas, seja de qualquer coisa e produto que eles utilizam todos os dias. 

 

E o que falta é uma comunicação menos genérica e mais direcionada. Mas, como faço isso? Bom, você pode começar a identificar seu público-alvo, são mães, pais, avós? E a partir disso desenvolver uma comunicação coerente com o que se quer manter com esses consumidores. 

 

As pessoas procuram na internet não só informação de qualidade, mas buscam também estreitar relações, serem ouvidas, terem espaço para falar e se sentem mais à vontade quando a marca se preocupa em ter uma abordagem diferente para falar com elas. 

 

E são poucas as marcas que sabem fazer a abordagem correta com as famílias. E aí, você está esperando o que para mudar o seu plano de comunicação? Nós podemos te ajudar, entre em contato conosco: yellowa@yellowa.com.br  

marcela.rabello

marcela.rabello

yellow.a
Voltar